Instituto Ecoar finaliza, com sucesso, mais um curso para jornalistas

27/11/2007

Curso levantou questões recentes do aquecimento global e efeito estufa

O Instituto Ecoar para a Cidadania encerrou no sábado, 11, o Curso de Mudanças Climáticas para Jornalistas. O curso tratou de temas relacionados ao aquecimento global e ao mercado de carbono, apontando causas e impactos das mudanças climáticas, efeito estufa, reservatórios, fontes e sumidouros de Gases de Efeito Estufa, ações internacionais, adaptabilidade, tecnologias alternativas entre outros relacionados.

A jornalista Juliana Campos Lopes, da Comunicação Social da Basf, destaca que buscou o curso por se tratar de um tema complexo e em torno do qual ainda há muitas divergências. “Achei por bem estudar melhor o assunto e o curso se apresentou como uma ótima oportunidade para isso, principalmente, por ser voltado a jornalistas”, destaca.

Também participante do curso, Ana Márcia Marquez Targa, professora do Centro Universitário Anchieta aponta que buscou o curso “para conhecer outros olhares acerca do tema”.

Juliana também aponta que, “cada vez mais os jornalistas devem estar preparados para abordar de maneira clara e objetiva temas complexos como o aquecimento global, o que vai ao encontro da função social do jornalista. Ao mesmo tempo, a cobertura desse tema é um desafio para os profissionais de comunicação. Apesar de conhecer as drásticas conseqüências do aquecimento global, poucas pessoas têm se comprometido a mudar atitudes”, explica.

De acordo com a jornalista e coordenadora do Departamento de Formação Profissional do Sindicato dos Jornalistas, Sandra Mathias, “é de extrema importância a discussão e a reflexão crítica sobre o meio ambiente, as responsabilidades da sociedade brasileira e do planeta terra acerca de um assunto que não pode mais ser ignorado”.

Sandra também destaca que “é importante, inclusive, que os jornalistas e os profissionais de comunicação estejam envolvidos e comprometidos com o assunto, já que são formadores de opinião e precisam informar, esclarecer e alertar a sociedade”, finaliza.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA:
Trama Comunicação (11) 5539.1509 -
Website: www.tramaweb.com.br

Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias