Alunos da pós-graduação em Mudanças Climáticas e Seqüestro de Co2 visitam Hidrelétrica Itaipu Binacional

07/07/2008

Com o objetivo de ampliar o conhecimento dos alunos em energias renováveis, o curso proporcionou no dia 30 de junho, uma vista técnica a Usina de Itaipu onde os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer o empreendimento que possui mais de 7 km de extensão, a maior hidrelétrica do mundo em geração de energia. Tiveram também oportunidade de conhecer o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) surgido da necessidade de modernizar as instalações da hidrelétrica e estimular o progresso da região e o projeto VE (veículo-elétrico) que, ainda em fase de testes, usa tecnologia desenvolvida localmente, substituindo os combustíveis fósseis pela eletricidade, não poluindo o meio ambiente com um motor silencioso e de baixo consumo.



A usina de Itaipu é atualmente a maior usina hidrelétrica do mundo em geração de energia, com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, fornece 19% da energia consumida no Brasil e 91% do consumo paraguaio. Em 2000, a usina atingiu a produção histórica de 93.428 GWh, recorde mundial de geração de energia hidrelétrica.

A visita técnica fez parte do módulo de Adaptação e Desenvolvimento, um dos 18 promovidos pelo curso de pós-graduação em Mudanças Climáticas e Seqüestro de CO2, o curso ainda conta com mais duas visitas técnicas com temas relacionados a Bioenergia e Termoeletricidade dos módulos de Processos de Geração de Energia e Seqüestro de CO2 respectivamente.

O curso iniciado em abril de 2008 com término em outubro de 2009, conta 07 integrantes do IPCC, prêmio Nobel 2007, em seu corpo docente, além de referências nacionais em mudanças climáticas como Miriam Duailibi, presidente do Instituto ECOAR, Thelma Krug secretária de mudanças climáticas e qualidade ambiental do Ministério do Meio Ambiente, João Marcelo Ketzer presidente do Centro de Exelência em Pesquisa sobre Armaenamento de Carbono (CEPAC), Marcelo Theoto membro da United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC).

O curso idealizado pelo Instituto ECOAR e Instituto ECOCLIMA em parceria com a Universidade Positivo (Curitiba) é reconhecido pelo MEC e tem duração de 18 meses. Os interessados em inscrever-se para a próxima turma devem entrar em contato com o Instituto ECOAR ou com o Instituto ECOCLIMA.

Instituto ECOAR
11 3129 5765
fale@ecoar.org.br

Instituto ECOCLIMA
41 3223-0088
ecoclima@ecoclima.org.br

CURSO
No próximo dia 25 de julho o Instituto ECOAR promove curso de um dia sobre Mudanças Climáticas e Sequestro de CO2, Clique aqui e saiba mais.

Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias