CICLO DE CURSOS INSTITUTO ECOAR

20/07/2008

TEMAS

Meio Ambiente e Cultura de Paz - duração:08 horas
(clique para detalhes do curso)

Aquecimento Global e Mudanças Climáticas - duração: 16 horas
(clique para detalhes do curso)
Gestão Tributária e Fiscal para Organizações Não Governamentais - duração: 08 horas
(clique para detalhes do curso)
Elaboração de Projetos Socioambientais, Orçamento e Gestão Financeira - duração: 16 horas
(clique para detalhes do curso)
Metodologia Participativa: Diagnóstico e Ferramentas - duração: 08 horas
Introdução à Minimização de Resíduos: Uma Abordagem Pedagógica - duração:08 horas
Mudanças Climáticas e Seguros - Riscos Ambientais - duração:08 horas
Turismo Sustentável - duração:08 horas
Mercado de Carbono - duração:16 horas
Energia Nuclear no Brasil - duração:08 horas
Alfabetização Ecológica - duração:08 horas
INFORMAÇÕES
Instituto Ecoar para a Cidadania
Rua Rego Freitas, 454, 2º andar
Vila Buarque - Sao Paulo
11 3129 5765 - fale@ecoar.org.br

MAPA DE ACESSO
SOLICITAÇÃO DE TEMA


DESCRIÇÃO DOS CURSOS


Gestão Tributária e Fiscal para Organizações Não Governamentais
duração: 08 horas
ficha de inscrição

CONTEXTO
Atualmente o terceiro setor gera milhares de empregos qualificados e movimenta a economia do país, gerando riquezas e renda. Para nele atuar e obter sucesso é necessário que as entidades assumam uma nova postura profissional em relação ao mercado.

Contratar pessoas, prestar serviços e gerir recursos, em especial os que advêm do poder público, requer conhecimento e profissionalismo.

OBJETIVO
O curso tem o propósito de capacitar gestores de instituições do Terceiro Setor, em administração financeira e contábil específica, habilitando-os para trabalhar com a complexa legislação fiscal e tributária, contribuindo, assim, para que possam planejar e executar, com eficiência, a questão de orçamento e a gestão de seus projetos e instituições.

PROGRAMA
- Recursos Humanos: Tipos de contratações, encargos e implicações trabalhistas;
- Faturamento e Recursos: Tipos de contratos com clientes/financiadores, impostos e implicações fiscais;
- Ong e Oscip: Diferenças e implicações fiscais e tributárias a partir do momento em que se obtem o certificado do MJ;
- Formação de Preço: Elaboração de planilha que ajudará na formulação de preço para prestação de serviços;
- Mobilização de Recursos: Abordagem rápida sobre o tema.

APRESENTADOR
Vânia Bulgarelli é consultora em Administração de Empresas e Contabilidade com experiência de 29 anos no mercado. Atua há 11 segmentada para o terceiro setor, é Diretora Financeira do Instituto Ecoar.

PÚBLICO-ALVO
Gestores, técnicos de projetos, administrativos / financeiros.

volta

Elaboração de Projetos Socioambientais, Orçamento e Gestão Financeira
duração: 16 horas
ficha de inscrição

CONTEXTO
O terceiro setor por ser o segmento mais novo do mercado, ainda é inexperiente nas questões que abrangem elaboração de projetos e sua gestão financeira. Formatar um bom projeto e formular o seu preço é tão importante quanto saber captar recursos, pois, é a partir do orçamento que melhor se identifica seus possíveis financiadores. A boa gestão de projetos gera confiabilidade e bons resultados, o que supre a expectativa do financiador e da sociedade. O profissionalismo exigido para o terceiro setor é o mesmo, senão maior, que o exigido das organizações do segundo setor, pois, este é um representante da sociedade civil.

OBJETIVO
Capacitar os envolvidos na elaboração de projetos socioambientais de forma clara e organizada e na definição de suas metas e orçamentos bem elaborados, tornando-os capazes de captar recursos que garantam, além da sustentabilidade financeira da instituição proponente, credibilidade perante a sociedade.

PROGRAMA
- Elaboração de projetos: público alvo, justificativa, objetivos, metas, cronograma, metodologia.
- Elaboração de orçamento: custos diretos e indiretos, tipos de contratação, contrapartida, taxa de administração, superávit.
- Captação de recursos: cadastros em organismos públicos e privados; licitações; fontes de recursos e mobilização de recursos.

APRESENTADOR
Gabriela Prioli - Bióloga pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) com mestrado em Ciências Florestais pela ESALQ/USP, experiência na área de Gestão Ambiental, com ênfase em educação ambiental, gestão pública e de projetos socioambientais. Atualmente é consultora técnica no Instituto Ecoar para a Cidadania e professora de cursos de Pós Graduação em Educação Ambiental e Gestão Ambiental.
Vânia Bulgarelli - Consultora em Administração de Empresas e Contabilidade com ampla experiência de no mercado. Atua há 11 segmentada para o terceiro setor e é Diretora Financeira do Instituto Ecoar.

PÚBLICO-ALVO
Gestores;
Técnicos de projetos;
Financeiros.

volta

Aquecimento Global e Mudanças Climáticas: Causas, Consequências, Mitigação e Adaptação
duração: 16 horas
ficha de inscrição

CONTEXTO

As Mudanças do Clima, provocadas em grande parte por nosso modelo de desenvolvimento, são hoje uma realidade de consenso científico e político e, requerem uma ação rápida, corajosa e de grande escala. Para diminuir a emissão dos gases causadores do aquecimento global, a humanidade precisa promover significativas mudanças em sua maneira de viver, morar, produzir, consumir, descartar e se locomover. Não é possível realizar tais mudanças sem o envolvimento profundo das populações de todo o Planeta.
Compreender o que é aquecimento global, quais são suas causas e graves consequências para a vida humana é fundamental para nos ajudar a minimizar nossas emissões e nos adaptar as novas condições climáticas que se aproximam.
Conheça as tecnologias de mitigação, compreenda os riscos dos sistemas agrícolas, das populações mais pobres, tenha contato com as tecnologias de adaptação e com os acordos internacionais, desvende o mercado de carbono e saiba como você pode fazer sua parte, enquanto indivíduo, cidadão, consumidor, eleitor e investidor, no enfrentamento deste grave problema que aflige a espécie humana.

OBJETIVO
Promover o conhecimento sobre o aquecimento global e as mudanças climáticas estimulando a formação de uma consciência crítica sobre a temática.

PROGRAMA
- Efeito Estufa natural e antrópico;
- De onde vem os gases causadores do efeito estufa?
- Quais as conseqüências do aquecimento global?
- Acordos globais, Convenções do Clima, Protocolo de Kyoto, Posicionamento dos países;br> - Ranking dos países emissores;
- Tecnologias Limpas e Energias Renováveis;
- Seqüestro e Captura de Carbono: as diversas tecnologias, os diferentes sumidouros;
- Adaptação, o abismo entre os países ricos e pobres;
- Como os pobres se adaptarão aos eventos extremos?
- Mercado de Carbono: MDL e Mercado Voluntário;
- A crise economica x a crise ambiental;
- O que podemos esperar? Cenários futuros;
- A importância da participação cidadã: fazendo nossa parte.

APRESENTADOR
Miriam Duailibi - jornalista, educadora ambiental, especialista em sustentabilidade, presidente do Instituto ECOAR;
Eduardo Quartim - engenheiro florestal e ambientalista formado pela ESALQ-USP. Atua em desenvolvimento de projetos voltados à produção e consumo sustentável.
Luciano Araujo - graduado em Filosofia pela Universidade Católica de Salvador, com especialização em História, Sociedade e Cultura, Sociedade e Meio Ambiente. Atua em Educação para Sustentabilidade.

PÚBLICO-ALVO
Gestores públicos, professores, advogados, engenheiros, arquitetos, estudantes e público em geral.

volta

Projetos Socioambientais: Elaboração, Gestão Técnica e Financeira
duração: 16 horas
ficha de inscrição

CONTEXTO
O terceiro setor por ser o segmento mais novo do mercado, ainda é inexperiente nas questões que abrangem elaboração de projetos e sua gestão técnica e financeira. Formatar um bom projeto e formular o seu preço é tão importante quanto saber captar recursos, pois, é a partir do orçamento que melhor se identifica seus possíveis financiadores. Já a gestão técnica gera confiabilidade e bons resultados, o que supre a expectativa do financiador e da sociedade. O profissionalismo exigido para o terceiro setor é o mesmo, senão maior, que o exigido das organizações do segundo setor, pois, este é um representante da sociedade civil.

OBJETIVO
Capacitar os envolvidos na elaboração de projetos socioambientais de forma clara e organizada e na definição de suas metas e orçamentos bem elaborados, tornando-os capazes de captar recursos que garantam, além da sustentabilidade financeira da instituição proponente, credibilidade perante a sociedade.

PROGRAMA
- Elaboração de projetos: público alvo, justificativa, objetivos, metas, cronograma, metodologia.
- Elaboração de orçamento: custos diretos e indiretos, tipos de contratação, contrapartida, taxa de administração, superávit.
- Captação de recursos: cadastros em organismos públicos e privados; licitações; fontes de recursos e mobilização de recursos.

APRESENTADOR
Gabriela Prioli - Bióloga pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) com mestrado em Ciências Florestais pela ESALQ/USP, experiência na área de Gestão Ambiental, com ênfase em educação ambiental, gestão pública e de projetos socioambientais. Atualmente é coordenadora técnica no Instituto Ecoar para a Cidadania e professora de cursos de Pós Graduação em Educação Ambiental e Gestão Ambiental.
Vânia Bulgarelli - Consultora em Administração de Empresas e Contabilidade com experiência de 29 anos no mercado. Atua há 11 segmentada para o terceiro setor, é Diretora Financeira do Instituto Ecoar.

PÚBLICO-ALVO
Gestores;
Técnicos de projetos;
Financeiros.

volta


Meio Ambiente e Cultura de Paz
duração: 08 horas
ficha de inscrição

CONTEXTO
De acordo com a UNESCO, a cultura de Paz está intrinsecamente relacionada à prevenção e à resolução não-violenta de conflitos e fundamenta-se nos princípios de tolerância, solidariedade, respeito à vida, aos direitos individuais e ao pluralismo.

No mundo violento em que vivemos é cada dia mais urgente a mudança radical em nossos paradigmas, pois somos filhos deste sistema civilizatório de guerra, buscando construir a paz.
Entre os três pilares da cultura de paz, está a ecologia ambiental. Não teremos paz enquanto não estivermos em paz conosco, com o próximo e com o meio ambiente.

OBJETIVO
Estabelecer diálogo entre os princípios e valores da Cultura de Paz e da Educação para Sustentabilidade. Propõe repensar os atuais paradigmas que consolidam uma sociedade voltada para o consumo irresponsável, a divisão segundo fronteiras sociais e a falta de valores éticos.
É urgente que entendamos a importância da mudança de paradigma para a construção de uma sociedade mais fraterna, capaz de viver em harmonia consigo, com os outros e com a natureza.

PROGRAMA
- Conceito de cultura de paz;
- Histórico;
- Os três pilares da cultura de paz: Ecologia interior, ecologia social e Ecologia ambiental;
- Manifesto 2000 por uma Cultura de Paz e Não-Violência, o Tratado de Educação para Sociedades Sustentáveis e a Carta da Terra;
- Princípios e valores para a Cultura de Paz e Educação para Sociedade Sustentáveis;
- Mediação de conflitos e comunicação não-violenta

APRESENTADOR
Débora de Lima Teixeira - Pedagoga pela Faculdade de Educação da USP (FE/USP), com especialização em Administração Escolar. Técnica em projetos de educação para sustentabilidade, voltados à produção e consumo sustentável.

PÚBLICO-ALVO
Professores; estudantes; servidores públicos, educadores ambientais; educadores populares; lideranças comunitárias; ambientalistas; representantes de ONGs e interessados em geral.

volta

"OS CURSOS PODEM SOFRER ALTERAÇÕES SEM PRÉVIO AVISO. ACOMPANHE PELO NOSSO SITE OU CADASTR-SE PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER."

Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias