Brasil debate mudança climática junto com maiores economias do mundo

27/04/2009

Ministros das 17 maiores economias do mundo, entre elas o Brasil, iniciam uma reunião de dois dias nesta segunda-feira (27), a fim de chegar a um consenso sobre a mudança climática para a conferência da ONU em Copenhague, no mês de dezembro.

O encontro reúne os países responsáveis por quase 75% das emissões de gases causadores do efeito estufa, além de representantes de ONU, União Europeia (UE) e Dinamarca - cidade que será a organizadora da conferência do último mês do ano, e onde se espera criar um novo protocolo sobre a mudança climática.

A reunião é a primeira de várias que ocorrerão antes da realização do Fórum das Maiores Economias sobre Energia e Mudança Climática na ilha de La Maddalena, na Itália, em julho, e que será presidido pelo primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.

O fórum, lançado em 28 de março pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pretende servir como marco para gerar um diálogo sobre assuntos fundamentais, no que se refere às mudanças climática e energética.

Além disso, o evento quer criar a liderança necessária para conseguir um resultado satisfatório na conferência de Copenhague, e avançar em ideias e iniciativas concretas para incentivar o uso de energias renováveis e reduzir a emissão de gases tóxicos.

Uma parte importante da conferência são as tecnologias e a transformação das mesmas para produzir energia de forma sustentável.

A reunião é similar à promovida pelo ex-presidente americano George W. Bush, apesar de essa administração ter adotado uma postura diferente acerca das medidas para frear a mudança climática.

O encontro será aberto pela secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e conduzido pelo enviado especial dos EUA para a Mudança Climática, Todd Stern, assim como pelo assessor adjunto do Conselho de Segurança Nacional para Assuntos Econômicos Internacionais dos Estados Unidos, Michael Forman.

Além de Brasil, Dinamarca, ONU e UE, participam da conferência Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Coreia do Sul, México, África do Sul, Reino Unido.
(ecoclima.org.br | Folha Online)


Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias