Jornalista lança livro sobre meio ambiente em São Paulo

01/10/2003


Rosi Cheque e Luciene Maria Machado

O jornalista André Trigueiro lançou ontem o livro “Meio Ambiente no século 21”. A noite de autógrafos aconteceu na livraria Cultura, Shopping Vila Lobos – São Paulo. A solenidade de abertura contou com presença da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que falou da importância do livro para ambientalistas e para profissionais de diversos setores.

Também compondo a mesa de abertura, a presença da coordenadora do Programa de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Instituto de Estudos da Religião, Samyra Crespo; da bióloga e educadora ambiental, Patrícia Mousinho; do presidente executivo do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Fernando Almeida; do presidente da Fundação SOS Mata Atlântica, Fábio Feldmann; do secretário da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, José Goldemberg; do professor titular do Departamento de Economia da USP, José Eli da Veiga e do juiz presidente do Tribunal de Alçada Criminal do Estado de São Paulo, Renato Nalini.

Para André Trigueiro, organizador do livro, o objetivo da obra é atingir o maior número de pessoas de níveis de instruções e de faixas etárias diferentes, deixando de ser, assim, o meio ambiente um assunto entendido somente por pesquisadores. O jornalista escolheu 21 especialistas de diversos campos do conhecimento para escrever sobre a transversalidade nos meios em que atuam.

"Estamos no século XXI, por isso a escolha de 21 autores, de diferentes áreas, para falar dos desafios e das perspectivas ambientais. Além disso, o livro chega como forma de esclarecer um erro do conceito ambiental. Muitas pessoas confundem meio ambiente com fauna e flora. Os textos assinados por personalidades distintas são simples, claros e objetivos", disse Trigueiro.

Com prefácio da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a obra apresenta textos inéditos de Aspásia Camargo, Samyra Crespo, Alfredo Sirkis, André Trigueiro, Carlos Minc, Eduardo Viola, Fábio Feldmann, Fernando Almeida, Fernando Gabeira, Fritjof Capra, Gilberto Gil, Ibsen de Gusmão Câmara, José Carlos Carvalho, José Eli da Veiga, José Goldemberg, Leonardo Boff, Moacyr Duarte, Renato Nalini, Rubens Harry Born, Sérgio Besserman e Washington Novaes.

Os direitos autorais, na vendagem do livro, foram cedidos para o Instituto Socioambiental (ISA) que foi escolhido por ter recebido o maior número de indicações entre os autores.

Leia mais...



Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias