A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, lamentou a decisão da Rússia, anunciada hoje, de não ratificar o Protocolo de Kyoto

02/12/2003

Brasília (DF) - A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, lamentou a decisão da Rússia, anunciada hoje, de não ratificar o Protocolo de Kyoto, que obriga os países industrializados a cortarem as emissões de gás carbônico, principal substância associada ao aquecimento do planeta. "O Brasil vai continuar trabalhando para que o Protocolo possa se transformar em uma realidade. É lamentável que os países que têm maior responsabilidade neste processo se recusem a ratificar o texto. A linha do Brasil vai sempre no sentido do constrangimento ético e da liderança pelo exemplo. Quando estamos assumindo internamente no nosso país o compromisso com relação a meios para a redução do desmatamento, estamos fazendo nosso dever de casa. Agora é claro que os países desenvolvidos precisam, necessariamente, honrar seus compromissos", afirmou a ministra.

O anúncio da Rússia foi feito um dia após o início, em Milão (Itália), de uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mudanças climáticas. O Protocolo de Kyoto, negociado em 1997 no Japão, estabelece metas para a redução das emissões de poluentes. Em 2012, as emissões deveriam estar oito pontos porcentuais abaixo dos índices de 1990.

Para entrar em vigor, o Protocolo de Kyoto precisa ser assinado por pelo menos 55 países, incluídos os responsáveis por causar 55% de toda a poluição no mundo em 1990. Atualmente 120 países, responsáveis por 44,2% das emissões aderiram ao protocolo. A Rússia responde por 25% das emissões anuais de gás carbônico e abriga apenas 4% da população do planeta.

ASCOM






Outras notícias:

19/12/2018
CAIXA POSTAL ECOAR
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIAS PARA O ECOAR: CAIXA POSTAL 79626 - CEP.: 03064-970

30/11/2018
Instituto Ecoar colabora com o programa de sustentabilidade da Rio Tinto
A presidente do Ecoar, Miriam Duailibi, a convite da Rio Tinto, vem trabalhando presencialmente com a equipe do escritório de São Paulo e remotamente com a equipe de São Luís, questões relevantes para a sustentabilidade.

01/10/2018
Entrevista Miriam Duailibi TV Aparecida
Acesse o link e assista e entrevista.

26/09/2018
Observatório da Governança das Águas - OGA
Acesse e conheça o OGA. O INSTITUTO ECOAR FAZ PARTE DESSE OBSERVATÓRIO TÃO IMPORTANTE NO TEMA.

26/09/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS - Notícias
Para saber mais sobre as mudanças climáticas em curso, clique no link do material elaborado pelo Instituto ClimaInfo ( www.climainfo.org.br ), organização na qual a presidente do Ecoar participa como conselheira.

18/09/2018
Guias de EA da ESEC Caetés e RVS Gurjaú
Elaborados os Guias de Educação Ambiental da Estação Ecológica de Caetés e do Refúgio da Vida Silvestre Matas do Gurjaú.

17/09/2018
REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES DO INSTITUTO ECOAR PARA A CIDADANIA
Com base no MROSC, desde 2017 o Ecoar instituiu o Regulamento Interno de Compras e Contratações. Acesse o link.

13/07/2018
Exposições Fotográficas Itinerantes PE
Ecoar realiza exposições fotográficas sobre Unidades de Conservação em Pernambuco

14/03/2018
Fórum Mundial da Água e Fórum Alternativo Mundial da Água
O Instituto Ecoar que compreende a água como direito e não mercadoria, estará participando ativamente do Fórum Mundial da Água que acontecerá em Brasília de 18 a 22 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e também do Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA, que terá lugar na Universidade de Brasília de 17 a 22 de março e da Vila Cidadã no estádio Mané Garrincha. Acompanhe nossa agenda

30/01/2018
ECOAR, SENAES e REDE VERDE SUSTENTÁVEL
Conheça o projeto Fortalecer e Organizar os Catadores da Região Metropolitana de São Paulo. Clique aqui para visitar o site do projeto!



Veja todas as notícias